Em Pele de Cordeiro


Tanto o Governo quanto a mídia vendem a ideia de que a Reforma da Previdência é algo positivo, quando na verdade não trará benefício nenhum ao trabalhador, servindo apenas para, supostamente, equilibrar as contas públicas abaladas pelas dívidas dos grandes conglomerados empresariais. Confira abaixo a matéria explicativa que foi veiculada na Revista Carta Capital na Edição de Dezembro de 2017 e saiba mais.

Reforma Trabalhista ou Supressão De Direitos?

Mesmo o governo e a mídia vendendo a ideia de que direitos não seriam retirados, na prática não é o que está acontecendo. Para os Representantes Sindicais, em sua essência, a Reforma Trabalhista, culminará numa clara supressão de direitos, alem de precarizar as relações de empregabilidade no País.  

ACT 2018/2019: Ufa! Até que enfim a SANEPAR se manifestou

Prezados companheiros, em resposta ao Ofício 016/2017 quando do protocolo da Pauta de Reivindicações Unificada, no final da tarde desta quinta-feira, dia 18, recebemos um e-mail da Comissão de Negociação e Relação Sindical da SANEPAR, agendando reunião para que possamos dar início ao Processo de Negociação para a Renovação do ACT 2018/2019.

O impacto da Reforma Trabalhista nos processos de negociações

Por ocasião da Reunião Ampliada com os Diretores e Representantes do SAEMAC, realizada nos dias 08 e 09 de dezembro de 2017, o economista Sandro Silva, do Dieese, falou sobre o Impacto que a Reforma Trabalhista causou e continuará causando nos Processos de Negociações Coletivas de Trabalho.

Chuvas diárias demandam cuidados redobrados com a dengue

As constantes chuvas ocorridas no Paraná nas últimas semanas aliadas às temperaturas elevadas exigem mais cuidado com o Aedes aegypti. O mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya utiliza focos de água parada para se reproduzir. Portanto, é necessária a vistoria constante de quintais das residências, empresas e outros locais para eliminar qualquer acumulo de água que possa facilitar o desenvolvimento do vetor.

ACT 2018/2019 - Até então a SANEPAR segue “CALADINHA”


Um mês após o protocolo da Pauta de Reivindicações para o ACT 2018/2019, conforme Ofício 016, datado de 14 de dezembro de 2017, nenhuma posição por parte da SANEPAR.

Reforma da Previdência ou da Não Aposentadoria?

O Presidente da AJUFE (Associação dos Juízes Federais do Brasil), Roberto Veloso, afirmou, durante entrevista a um programa de televisão, que o problema do Brasil não é Previdência e sim a corrupção que se instaurou em nosso país. 

Resposta da SANEPAR sobre a compensação de horas da quarta-feira de cinzas

A SANEPAR enviou uma resposta ao Ofício 123/17, protocolado pelo SAEMAC, referente a compensação de horas da quarta-feira de cinzas.

Atenção para o uso das redes sociais no trabalho: saiba dos direitos e deveres do trabalhador

Com o avanço da tecnologia é quase impossível ficar desconectado das redes sociais, seja para compartilhar o dia-a-dia, e, de uma forma rápida e eficiente, se comunicar com pessoas que estão distantes.  

Mas devemos estar cientes que para tudo há limites!

Reajuste do salário mínimo fica abaixo da inflação

O reajuste do salário mínimo ficou abaixo da inflação de 2017, divulgada nesta quarta-feira (10) pelo IBGE. O cálculo é feito com base no INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que encerrou o ano acumulado em 2,07%.

TST: Pontos da lei trabalhista só valem em contrato novo


Uma comissão de ministros do Tribunal Superior do Trabalho (TST) avalia que alguns pontos da reforma trabalhista, em vigor desde o dia 11 de novembro, valem apenas para novos contratos de emprego. O parecer, que ainda será votado no plenário do Tribunal, é contrário ao entendimento do governo, que defende a mudança para todos os trabalhadores.

Com Temer, retomada sustentável da economia virou meta impossível


Por não ser espontânea, a recessão ocorre no capitalismo por decisão planejada de política econômica dos governos. Após a grande depressão de 1929, por exemplo, a economia brasileira registrou entre 1933 e 1980, apenas dois anos (1940 e 1942) de decréscimo do Produto Interno Bruto (PIB), sem poder ser considerados recessivos.

Redução no salário mínimo é descompromisso do governo golpista com o povo, diz Vagner Freitas

No primeiro dia de 2018 o trabalhador e a trabalhadora tiveram, mais uma vez, direitos conquistados usurpados pelo golpista e ilegítimo Michel Temer (MDB-SP). O reajuste de 1,81% do salário mínimo é o menor aumento dos últimos 24 anos, desde a criação do Plano Real.  O valor passará dos atuais R$ 937 para R$ 954, conforme anunciado pelo governo golpista.